Twitter

Amigos e amigas,
É com alegria que vos anuncio a minha candidatura a presidente da Junta de Freguesia de Arroios, pelas listas do meu partido, o CDS.

Aceito este desafio a convite do presidente da Concelhia de Lisboa do CDS, Diogo Moura e da presidente do CDS e candidata à Câmara Municipal de Lisboa, Assunção Cristas.

Considero que chegou o momento de dar o melhor de mim à cidade e à freguesia que me acolheram como um filho, procurando retribuir com amor o papel importante que desempenharam no meu crescimento como pessoa e cidadão.

Vivi em Arroios, tenho em mim o espírito do bairro das Ilhas, onde conheci o senhor Manel e o seu filho Filipe, donos do talho, o senhor Carlos do restaurante onde comia uns lombinhos espetaculares enquanto discutíamos futebol e política em geral, a Dona Maria da padaria que bastava entrar loja adentro para saber o que queria, o senhor João taxista que descia a escadaria da rua Ilha do Pico a cantarolar um fado vadio e acenava sempre com um bom dia, entre outros tantos que levei sempre na memória e principalmente na alma.

Foram estas caras conhecidas, os cheiros destes dias, os sons que ecoam nestas ruas, a falta dos lugares comuns, os sentimentos que tinham aqui a sua morada, que me fizeram querer voltar ao meu lugar, depois de uma experiência profissional de 4 anos no estrangeiro.

Esta será uma candidatura de proximidade, iremos de porta em porta conhecer os fregueses, não só os seus problemas mas também as suas alegrias, ouviremos mais e falaremos menos, estaremos de braços abertos a ideias e melhorias. Tudo por Arroios.

Esta é uma candidatura genuína, composta por pessoas que gostam de Arroios, que conhecem a sua gente e que pretendem uma política de e para as pessoas.

Esta candidatura não é minha. É tua. É nossa. De todos os que amamos Arroios e vemos este lugar não com os olhos de quem está de passagem, mas com o coração dos que cá lhe dão vida.

Conto com todos e podem contar comigo, vamos abraçar Arroios!